quinta-feira, 2 de junho de 2011

Diga adeus às ideias pré-concebidas



“Quanto mais me exponho, mais me bronzeio”
Além de 45 minutos de exposição, 20 minutos sob um sol intenso e a sua pele fica saturada. Ao expor-se mais tempo, não se  bronzeará mais, mas arriscará a ficar com escaldões. Além do mais, todos temos um limite máximo de bronzeado e as exposições prolongadas não alterarão nada. A única forma de intensificar o seu bronzeado sem riscos: os Autobronzeadores Clarins.

“ Vou de férias 8 dias, vou voltar bem bronzeada!”
Primeiro é necessário esperar 48 horas para que o bronzeado duradouro surja… é tão difícil bronzear durante oito dias, como num mês! As férias são cada vez mais repartidas, mas o nosso desejo de bronzear permanece intacto, chegando ao risco de queimar a pele ao se expor incessantemente. Estadias curtas = índices elevados, exposições moderadas e autobronzeadores… para ficar com um bronzeado dourado à sombra!

“Quando está calor, bronzeamo-nos melhor”
A sensação de calor nada tem a ver com o poder bronzeador. A natureza está bem feita, pois as horas em que nos bronzeamos melhor são as menos quentes e as melhores para a nossa saúde. Nas horas quentes, entre as 12h e as 16h, os raios solares encontram-se na vertical, queimam mais mas não bronzeiam.

“O banho protege dos escaldões”
A sensação de frescura proporcionada pelo banho não fornece qualquer protecção, pois os raios penetram na água, daí a importância de renovar as aplicações após cada banho.

“À sombra do guarda-sol, estamos perfeitamente protegidos”
Desconfie da reverberação! É de 20% na areia, 5% na água ( a mais fraca, mas também a mais perigosa: devido à frescura ambiente,  não damos conta da intensidade dos raios) e de 85% na neve. Lembre-se bem destes números e pense em proteger-se, pois as suas crianças podem apanhar um escaldão mesmo à sombra do guarda-sol!

“Bem bronzeada, estou protegida”
A sua pele está melhor protegida dos escaldões, mas não do envelhecimento. Continue a protegê-la com um índice mais baixo, se o seu fototipo e a intensidade do sol o permitirem.

“O céu está coberto, não há perigo”
Infelizmente não! Céu coberto ou vento fresco não modificam a intensidade dos raios solares. Para evitar más surpresas, conserve o seu bom hábito de renovar as aplicações.
SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© CLARINS Blog. Todos os direitos reservados.
Designer Blogger Template by pipdig