terça-feira, 1 de abril de 2014

FLASHBACK: DOUBLE SÉRUM

 


Corria o ano de 1985 e, num dia em que os dois viajam de metro, Jacques Courtain lança um desafio a Lionel de Benetti:
- E se fizéssemos o melhor produto do mundo? Se juntássemos num único produto todos os ingredientes que podem melhorar a juventude da pele?
- É impossível, responde-lhe Lionel.

- Impossível, e porquê?, pergunta Jacques Courtain, já atiçado por esta primeira resposta sob a forma de recusa.

- Porque alguns destes ingredientes só são solúveis em água e outros apenas solúveis em óleo. Não poderíamos, portanto, usá-los num mesmo produto. Não poderiam coabitar, explica Lionel.

Para Jacques Courtain, que considera que tudo começa quando o outro diz que não, tem de haver uma solução.

- Muito bem, então metemo-los em duas embalagens separadas! A mistura realiza-se depois, pela cliente, no momento da utilização... Tal como para o filme hidrolipídico, a Natureza teve necessidade de duas glândulas separadas: a glândula sudorípara e a glândula sebácea. Para cobrir a pele com uma película maravilhosa, confortável e protetora, nunca se fez nada de melhor.

Lionel ainda tem dúvidas. Mas a ideia agrada-lhe. É assim que o Double Sérum começa a ser elaborado.

«A ideia era clara como a água» ,reconhece Lionel de Benetti. «Mas reservava muitas surpresas e dificuldades. À partida, tínhamos identificado todos os melhores príncipios acivos disponíveis. Preparámos uma fase hidro, contendo todos os que eram solúveis em água, e uma fase lipo, com os que eram solúveis em óleo, o que fazia do preparado, como desejava Jacques Courtin, o melhor produto de beleza do mundo contra o envelhecimento, visto que favorecia o funcionamento das cinco funções vitais responsáveis pela juventude da pele.Restava misturá-los no momento da utilização. O produto foi lançado em duas pequenas embalagens. A cliente tinha de retirar três gotas de cada um deles, misturá-las na palma da mão e depois aplicá-las no rosto.»

Só que as clientes não fazia necessariamente uma dosagem exata e a mistura nem sempre estava certa. Era então necessário preparar um sistema de bomba que permitisse dosear melhor o Double Sérum.

Corria tudo o melhor possível. No entanto, a partir das informações dadas pelas clientes, tomou-se conhecimento de um problema: as mulheres constatavam que por vezes sobejava produto numa das embalagens, mas a outra estava vazia. Um verdadeiro quebra-cabeças para a Jacques Courtin, porque, e isto era o mais surpreendente, nem sempre era a mesma embalagem que se esvaziava mais depressa do que a outra...
Jacques Courtin coloca toda a gente a debruçar-se sobre este assunto. Finalmente, percebeu-se o que se passava: os testes foram feitos em laboratórios, onde a dupla embalagem com o doseador era colocada numa superfície plana e tudo acontecia de forma perfeita. Mas as mulheres realizavam a mistura com a embalagem inclinada, numa das mãos, e o produto não saia de forma igual. E foi preciso descobrir uma nova solução - a atual embalagem de Double Sérum.
Hoje em dia, tudo corre bem. O Double Sérum é um dos produtos de referência da Clarins, é aquele que encarna melhor os valores da filosofia Clarins. Incessantemente melhorado, atualizado, enriquecido, completado. É simultaneamente o resultado da experiência Clarins e da vontade permamente de fazer melhor, na vanguarda da evolução científica.

Imagens © Direitos reservados
SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© CLARINS Blog. Todos os direitos reservados.
Designer Blogger Template by pipdig