terça-feira, 29 de setembro de 2015

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL


Se as férias são sinónimo de descanso, de dias de muita praia e sol e de muito divertimento, por vezes são são sinónimo de excessos alimentares. Por isso, agora é uma excelente altura para reavaliarmos as nossas escolhas alimentares e até para percebermos o que comemos e como o fazemos. A par do exercício físico, uma alimentação saudável é fundamental para a construção da nossa qualidade de vida. Uma correta seleção dos alimentos influencia a manutenção de um peso corpóreo saudável e exerce um papel muito importante na prevenção e na redução dos riscos de doenças crónicas não transmissíveis.
Não existe nenhum alimento que possa ser considerado de "mágico" e que por si só possa garantir uma correta manutenção da saúde. Existe sim e deve ser feito um plano alimentar saudável baseado no conceito de escolha inteligente, ou seja, escolher alimentos de fácil preparação, baixo custo, com baixo teor de gorduras saturadas e açúcares e ricos em fibras.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, por norma cada pessoa deve fazer cinco refeições diárias: pequeno-almoço, almoço, lanche, jantar e ceia. Cada plano alimentar deve ser único e personalizado, por isso quantidades e horários das refeições devem ser estabelecidos em função do peso, altura, idade, estilo de vida e prática de exercício físico. A alimentação deve ser colorida e variada, contendo alimentos de todos os grupos - carnes, laticínios, doces, grãos, frutas e vegetais. A palavra de ordem é sempre o equilíbrio, por isso hoje deixamos-lhe nove sugestões bastante simples que ajudam a desenvolver e a manter uma alimentação saudável desde a infância à idade adulta:


- Aumentar e variar o consumo de frutas e verduras;
- Fazer pelo menos quatro refeições e beber pelo menos seis 6 copos de água ao dia;
- Consultar um nutricionista de forma a manter o seu peso dentro dos limites saudáveis;
- Fazer 30 minutos de atividade física todos os dias;
- Reduzir o consumo de alimentos gordurosos, como carnes vermelhas, fritos e salgados;
- Reduzir o consumo de sal (tirar o saleiro da mesa é sempre uma solução simples e eficaz);
- Reduzir o consumo de todo o tipo de doces e de alimentos ricos em açúcar;
- Reduzir o consumo de álcool e de refrigerantes;
- Acima de tudo apreciar o que se come. Comer devagar e com tempo é um pequeno luxo que todos merecemos.

Imagens © Direitos reservados
SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© CLARINS Blog. Todos os direitos reservados.
Designer Blogger Template by pipdig