terça-feira, 12 de janeiro de 2016

ANO NOVO: ORGANIZAR O ROUPEIRO


Depois da azáfama da quadra natalícia, tão repleta de festas e de euforia, entra-se o ano num misto de expetativa e de nostalgia. Se por um lado sentimos falta da agitação e da alegria do último mês, por outro sabemos que é preciso fazer uma pausa para repor energias e para nos prepararmos para voltar à "normalidade". Para algumas culturas, esta é a época ideal para organizar a casa e desprender-se de tudo aquilo que já não usa, que já não há-de usar e que está velho, estragado ou desadequado. 

Aproveite, então, que o clima pede dias mais caseiros e comece pelo seu roupeiro. Para ganhar coragem e sentir-se mais motivada, eis algumas sugestões:


Procure inspiração



Procure ideias em revistas, em blogues ou sites e no Pinterest. Verá que se sentirá mais motivada e com ânimo. Recrie os espaços que viu ou acrescente à ideia original o seu toque e adapte à sua casa. 


Tenha à mão as ferramentas certas


Não, não se trata de martelo, pregos ou berbequim, mas sim dos adereços necessários para qualquer boa organização do guarda-fatos: cabides ou cruzetas, toalhitas ou panos de limpeza, saquinhos de alfazema ou sabonetes para perfumar as gavetas



Desprender-se


Este é o passo decisivo no que diz respeito a organizar qualquer espaço, sejam os armários da cozinha, o escritório ou o guarda-fatos. Na maioria das vezes, temos muitas peças já não nos servem (muito pequenas, muito grandes, curtas, etc.), não as usamos há mais de dois anos, estão muito gastas, velhas ou desadequadas. Desprenda-se delas e deixe espaço para novas peças.

Atenção! Não deite no lixo estas peças de roupa  Lembre-se de que estamos em pleno inverno e de que o tempo frio e chuvoso agrava bastante a situação de muitas pessoas que enfrentam inúmeras adversidades. Por isso, guarde tudo em sacos e entregue-os diretamente em instituições ou coloque-os nos contentores existentes na sua rua para o efeito - hoje em dia, todos os bairros das cidades já possuem este tipo de recolha de vestuário para ajudar que dele necessitam. Também poderá vender a sua roupa, obtendo um extra no seu orçamento. 

Métodos de arrumação


Para perceber quais as peças que já não usa, use o método da fita de cetim. No varão do roupeiro, divida a roupa em dois espaços e no meio deles ate uma fita de cetim em forma de laço. Do lado esquerdo coloque todas as peças e deixe o lado direito vazio. Sempre que retirar uma peça para vestir coloque-a depois de a usar no lado direito. E vá fazendo isto até que o lado esquerdo fique vazio. Processa assim durante dois meses, findos os quais já terá percebido se o lado esquerdo ficou vazio ou se tem lá peças. As peças que estão no lado esquerdo são as que não usa. É a altura de partirem.




Se tem dúvidas quanto a usar ou não determinadas peças, experimente o método "longe da vista, longe do roupeiro". Meta-as num saco e guarde-o num local fora da sua vista. Assinale na sua agenda uma data num prazo de um mês. Se durante esse tempo não foi tirar peças do saco, então, não se lembrou delas e está na altura de partirem.

E se o seu problema é acumular roupa, então, utilize o método "entra uma, sai outra". Por cada nova peça que comprar terá de tirar outra do roupeiro ou cómoda. É uma excelente forma de manter tudo organizado, de ir renovando o seu guarda-roupa e de dar a outras pessoas roupa sempre em boas condições.

Tenha uma consulta de closet cleaning


Se realmente não tem mesmo jeito para organizar o seu guarda-fatos e precisa de uma mãozinha, então, peça ajuda a quem sabe e tenha uma consulta de closet cleaning. Há pessoas, como a Babi Pereira, que visitam a sua casa e olham para o seu armário numa perspetiva bem diferente, analisando imediatamente o deve sair, o que deve ficar e como organizar todas as peças.





 
Imagens e vídeo © Direitos reservados

SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© CLARINS Blog. Todos os direitos reservados.
Designer Blogger Template by pipdig