sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

CINEMA: A RAPARIGA DINAMARQUESA


No mês em que se metem em marchar novos desafios, eis um filme que vem mesmo a propósito. A Rapariga Dinamarquesa está nas salas de cinema e fala-nos sobre a determinação em mudar e sobre a coragem de tudo enfrentar.
Einar Wegener e a sua mulher Gerda são um jovem casal dinamarquês que vive da sua arte. Tanto ele como a mulher são pintores reconhecidos no país e são felizes, vivendo a sua paixão e admiração que sentem um pelo outro.
É precisamente através da arte e do trabalho que ocorrerá uma mudança tamanha na vida destes dois seres. Tudo começa no dia em que Gerda está a trabalhar num dos seus quadros e a modelo que tem usado não aparece para posar. Após tentar outras alternativas, Gerda apercebe-se que está em risco de não acabar o trabalho por não ter modelo. Decide, então, pedir ajuda ao marido e pede-lhe para vestir a roupa destinada à modelo. Naquele mesmo instante algo muda dentro de Einar e, em vez de ficar incomodado, ele sente gostar de estar naquele papel.

Torna-se, então, um sentimento cada vez mais forte dentro de Einar e ele toma consciência de que deseja ser mulher. De início, Gerda pensa tratar-se de um jogo, mas o tempo vai passando e ela vê o marido transformar-se noutra pessoa - até ao momento em que o vê beijar outro homem.
O mundo de Gerda desmorona-se e ela vai voltar a construí-lo por amor a Einar, que entretanto decidirá fazer uma intervenção cirúrgica para mudar de sexo, tornando-se a primeira pessoa a ser operada para mudar de género.

A Rapariga Dinamarquesa é baseado na história verídica da vida daqueles dois artistas dinamarqueses e foi realizado por Tom Hooper, o realizador de filmes como O Discurso do Rei e Os Miseráveis. Nos principais papéis encontramos Alicia Vikander, Eddie Redmayne, Ben Whishaw, Amber Heard, Mathias Schoenaerts e Sebastian Koch.




Imagens e vídeo © Direitos reservados

SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© CLARINS Blog. Todos os direitos reservados.
Designer Blogger Template by pipdig